Quanto tenho de gastar para deduzir o máximo no IRS 2016?

Quanto tenho de gastarMuita gente já deve ter feito a pergunta “Quanto tenho de gastar para deduzir o máximo de IRS em 2016?“. Neste artigo vai ficar a saber o máximo de dedução em cada categoria e qual o montante em euros a partir do qual não obtém qualquer beneficio.

Em que categorias posso obter benefícios fiscais?

Pode obter benefícios fiscais nas seguintes categorias:

  • Despesas gerais familiares (supermercado, água, luz, gás, telefone, vestuário, calçado, etc.)
  • Despesas com saúde e seguros de saúde (despesas isentas de IVA ou tributadas a 6%)
  • Despesas de educação e formação (berçários, creches, jardins-de-infância, cadernos, livros, material para formação artística ou educação física e ensino de informática)
  • Rendas de casa (rendas com habitação própria e permanente)
  • Empréstimos à habitação (juros com empréstimos à habitação própria e permanente)
  • Encargos com lares (pessoa que esteja a seu cargo num lar de 3ª idade)
  • Pensões de alimentos (prestação mensal, paga em dinheiro, devida a menores de 18 anos)
  • Benefício fiscal por IVA (estética e cabeleireiros, restauração, hotelaria, mecânica)

Quanto tenho de gastar para deduzir o máximo no IRS 2016?

Para poder deduzir o máximo no IRS de 2016 veja qual o total em euros a gastar.

  • Despesas gerais e familiares – Para obter o máximo, 35%, basta fazer um consumo anual de 714 euros, no caso de ser solteiro. Se for casado o valor e de 1.428 euros. Vai obter um beneficio de 250 euros por sujeito passivo, 500 euros por casal.
  • Despesas com saúde e seguros de saúde – Terá de gastar 6666,67 euros em despesas de saúde isentas de IVA ou com IVA a 6% para obter a dedução total de 1000 euros.
  • Despesas de educação e formação – Terá de gastar 2666,67 euros desde que as despesas estejam isentas de IVA ou taxadas a 6%, para obter um benefício de 800 euros correspondente a 15%.
  • Renda de casa – Terá de gastar 3346,67 euros em despesas com rendas para obter a dedução total de 502 euros, correspondente a 15%.
  • Juros do empréstimo para habitação própria ou permanente – Terá de gastar 1973,33 euros em juros do empréstimo para obter a dedução total de 296 euros, correspondente a 15%.
  • IVA suportado – Terá de gastar 1666,67 em restauração, hotelaria, cabeleireiros, reparação de automóveis e motociclos para obter um benefício 250 euros, correspondente a 15%.
  • Despesas com lares de 3ª idade – Terá de gastar 1615 euros para ter benefícios no valor de 403,75 que corresponde a 25% de benefício fiscal.

Para que possa receber estes benefícios é obrigatório pedir sempre fatura com o seu nº de contribuinte, caso contrário, não receberá 1 cêntimo de benefícios fiscais.

2 comentários sobre “Quanto tenho de gastar para deduzir o máximo no IRS 2016?

  1. nuno

    gostava de saber se as despesas de transporte entram nas despesas escolares porque o meu filho tem que utilizar os transportes da rn para se deslocar para a escola e apartir do 10 ano ja tem que ser pago

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ Entrar no Site! ]