Cursos de formação financiados

Hoje vamos falar de cursos de formação financiados ou cursos profissionais financiados, é uma modalidade cada vez mais procurada nos dias de hoje, em que a falta de emprego é cada vez maior. Mais procurado que este tipo de formação só mesmo os cursos de formação remunerados ou cursos profissionais remunerados.

cursos de formação financiados

Cursos de formação financiados – o que são?

Mas afinal, o que são os cursos de formação financiados? A quem se dirige este tipo de formação? Quais os critérios de admissão para este tipo de formação? Quais os cursos disponíveis? As respostas a estas e outras perguntas são algumas das informações que em seguida passaremos a facultar aos nossos leitores.

  • O que são os cursos de formação financiados?
    Diferentes dos cursos de formação remunerados são uma modalidade de formação financiada pelo Estado português, sem qualquer custo financeiro para os formandos, sendo que, em algum casos, e mediante a análise da situação económica/financeira dos interessados, estes podem, além da formação gratuita, ter acesso a vários subsídios, nomeadamente para deslocações, refeições e alojamento.
    Este tipo de formação profissional é, como já referimos, financiado pelo Estado português, que através de linhas de apoio à formação concedidas pela União Europeia (que tem como objectivo melhor qualificar os cidadãos europeus e consequentemente melhorar a competitividade desta região do Mundo) canaliza este dinheiro directamente para os centros de formação que estão sob a sua tutela, ou para instituições de formação que se candidatam a estes fundos e que obedeçam a determinados critérios de selecção.
  • A quem se dirige a formação profissional financiada?
    Este tipo de formação abrange um grande numero de pessoas. Desde licenciados com idade inferior a 35 anos (sendo que neste caso devem pedir informações acerca do programa Inov Jovem num centro de emprego da sua região), até pessoas que queiram completar o 6º , 9º ou 12º ano de escolaridade. A oferta formativa difere de caso para caso, como tal, o melhor conselho que podemos deixar, é que se dirija também ao centro de emprego da sua região de forma a que possam analisar a sua situação e encaminhá-lo e aconselhá-lo devidamente mediante vários factores.
  • Quais os critérios de admissão?
    Tendo em conta que cada caso é um caso, e que os critérios de admissão são muito variáveis, uma vez mais, sugerimos que se dirija ao centro de emprego da sua região, de forma a que possam analisar o seu caso em particular, e se for o caso, o possam aconselhar e encaminhar para a melhor opção.
  • Quais as áreas de formação?
    De momento, que seja do nosso conhecimento, existem algumas interessantes áreas de formação, sendo que uma vez mais o nosso conselho passa por uma visita ao centro de emprego da sua região, já que o acesso a alguns cursos profissionais financiados obedece a alguns critérios e nem todos se realizam em horário laboral. Ainda assim, deixámos uma lista com algumas das áreas de formação financiada pelo Estado português:Desenho gráfico ;
    Marketing ;
    Higiene e segurança no trabalho ;
    Informática ;
    Técnicas de Administração ;
    Técnicas de Contabilidade ;
    Audiovisuais e Multimédia ;
    Técnicas comerciais ;
    Reparação de computadores ;
    Etc.
Os cursos de formação financiados são sem dúvida uma oportunidade a ser aproveitada por todos os que procuram aumentar as suas competências e qualificações. Pode procurar estes cursos no IEFP.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ Entrar no Site! ]