Como ganhar mais com PPR

Se já tem um PPR e o desempenho deixa muito a desejar, pode e deve transferi-lo para um PPR mais rentável e com menos comissões. Saiba como ganhar mais com PPR.

Saiba como ganhar mais com PPR

como ganhar mais com ppr

Para facilitar a sua vida, a Deco Proteste criou um comparador, disponível em www.ganhemaisnoppr.pt. Basta selecionar o seu PPR, seja ele fundo ou seguro e colocar a sua idade. O seu PPR será comparado com a recomendação da Deco Proteste para o seu perfil e verá se vale a pena ou não transferir.

Se pretender menos risco poderá sempre optar pela recomendação com capital garantido. Na lista dos PPR que consta desse comparador estão cerca de 560 produtos sob a forma de seguro e fundo, muitos dos quais já não estão disponíveis para subscrição.

Na esmagadora maioria dos casos, as Escolhas Acertadas da Deco Proteste são mais rentáveis e têm comissões mais baixas, pelas quais certamente compensará transferir.

Mas esteja atento à comissão de transferência que é, no máximo, de 0,5% e apenas permitida nos produtos de capital garantido, como a maioria dos seguros. Se tem um fundo PPR sem capital garantido, transferir para outro PPR não acarreta quaisquer custos. Contudo, o processo de transferência nem sempre é tão simples como a legislação o pinta, podendo demorar mais do que os dez dias úteis referidos na legislação e até serem colocados alguns entraves.

Esta campanha visa precisamente combater a inércia referente a um dos produtos de poupança mais populares para os portugueses.

O simulador ajuda na hora de decidir como ganhar mais com PPR e calcula o montante que é possível lucrar com a transferência. Leve II PPR (Fidelidade), PPR SGF Garantido (SGF) e PPR Garantia de Futuro (Futuro e Montepio), todos com capital garantido, e Optimize Capital Reforma PPR Moderado (Optimize) e Optimize Capital Reforma PPR Acções (Optimize), sem capital garantido, são os cinco produtos aconselhados.

A Proteste Investe alerta também para o fato de bancos e seguradoras de tudo fazem para impedir a saída dos clientes.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ Entrar no Site! ]